Governador Geraldo Alckmin anuncia revolução tecnológica no Poupatempo



Em mensagem gravada em vídeo para todos os funcionários do Poupatempo, o governador Geraldo Alckmin anunciou na tarde desta quinta-feira, 12, o início de uma revolução tecnológica para ampliar e agilizar ainda mais o atendimento nos 67 postos do programa de prestação de serviços ao cidadão. 

“Dobramos a rede em um ano, e agora o Poupatempo está vivendo uma segunda revolução, uma revolução tecnológica que prioriza serviços eletrônicos prestados pela internet e aplicativos para telefone celular, terminais de autoatendimento e outras novidades tecnológicas”, disse o governador na mensagem. 

O evento, organizado para comemorar os 18 anos do Poupatempo, foi realizado no auditório da Prodesp, em Taboão da Serra, com transmissão por meio de videoconferência para postos do Poupatempo da Capital e interior do Estado. Na mensagem, o governador reconheceu a importância dos 11 mil funcionários que, com o seu trabalho, fizeram do programa o melhor serviço público de São Paulo. “Vocês fazem o Poupatempo ser o que é: o programa mais bem avaliado do governo”, disse. 

Lembrando o ano de 1997, quando acompanhou como vice do então governador Mario Covas a inauguração do primeiro posto do Poupatempo, na Praça da Sé, Geraldo Alckmin lembrou como o programa inovou a prestação de serviços públicos. “Na época, no Brasil, o cidadão que precisava do serviço público perdia muito tempo; conseguir uma simples carteira de identidade demorava um mês e exigia uma peregrinação por guichês que nunca estavam no mesmo lugar”, lembrou. 

“O Poupatempo estabeleceu que o cidadão deve ser atendido com rapidez, eficiência, qualidade e sem privilégios”, acrescentou Alckmin, destacando que “o tempo do cidadão é sagrado e não pode ser desperdiçado”. 

Segundo ele, o Poupatempo educou a administração pública. “O cidadão se tornou exigente e isso é mérito de todos vocês”. O governador encerrou sua mensagem colocando um desafio para que o programa avance sempre e melhore ainda mais. 

Após a mensagem do governador, o subsecretário de Tecnologia e Serviços ao Cidadão, Julio Semeghini, fez uma apresentação para todos os funcionários sobre as novas tecnologias que estão sendo adotadas para expandir o atendimento. Ele explicou como o governo pretende utilizar todos os recursos tecnológicos hoje disponíveis para aproximar o governo do cidadão. 

“Com aplicativos, totens de autoatendimento e prestação de serviços pela internet o Poupatempo vai poder atender as pessoas em todas as localidades do Estado”, disse Semeghini. Ao final, os funcionários do Poupatempo tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre a nova fase do programa em um debate do qual participaram, além de Julio Semeghini, o diretor de Serviços ao Cidadão da Prodesp, Flávio Cappeletti, a assessora da subsecretaria de Tecnologia e Serviços ao Cidadão Cibele Franzese e os superintendentes Tânia Andrade, de Operações, e Ilídio Machado, de Novos Projetos. 

Programa Poupatempo 

O Poupatempo é um programa do Governo do Estado, executado pela Diretoria de Serviços ao Cidadão da Prodesp – Tecnologia da Informação, que, desde a inauguração do primeiro posto, em 1997, já prestou mais de 466 milhões de atendimentos. Atualmente conta com 67 unidades instaladas na capital, Grande São Paulo, interior e litoral.

2 comentários:

  1. Faltou mencionar aquele que coordenou toda a equipe de implantação, transformou a idéia de Covas em algo concreto e comandou por 10 anos esse que o melhor programa do PSDB. Esse nome é Daniel Annenberg, que hoje t a missão de transformar a empresa mais corrupta do governo em uma empresa modelo Poupatempo, Novo Detran

    ResponderExcluir
  2. Faltou mencionar aquele que coordenou toda a equipe de implantação, transformou a idéia de Covas em algo concreto e comandou por 10 anos esse que o melhor programa do PSDB. Esse nome é Daniel Annenberg, que hoje t a missão de transformar a empresa mais corrupta do governo em uma empresa modelo Poupatempo, Novo Detran

    ResponderExcluir