SINDICALISTAS LIGADOS A LULA TENTAM AGREDIR ALCKMIN

Manifestantes da Apeoesp usam pedaços de metal para tentar invadir prédio da Secretaria. 23/04/2015
(Foto: Luiz Claudio Barbosa/Estadão Conteúdo)

Depois participar publicamente de um ato de apoio ao presidente Lula, a Apeoesp, braço sindical do PT, tentou agredir hoje pela manhã o governador Geraldo Alckmin em Campo Limpo. O pretexto do sindicato teleguiado por Lula é desviar as atenções das investigações Lavajato e Zelotes, que fecham o cerco ao ex-presidente e seus familiares. 

A Apeoesp é o mesmo sindicato que já havia depredado o prédio da secretaria da Educação durante uma greve fracassada no primeiro semestre. Desta vez, o pretexto da Apeoesp é a reorganização da educação em São Paulo, que pretende aproveitar as classes ociosas da rede pública para criar 754 escolas de ciclo único no Estado.

A medida permitirá ao Estado dar outro salto de qualidade na educação. Melhor para os alunos, melhor para os professores. Péssimo para a Apeoesp.


Nenhum comentário:

Postar um comentário