Oposição protocola novo pedido de impeachment de Dilma


Relatório entregue a Eduardo Cunha lista decretos que previam aumento de gastos neste ano sem autorização do Parlamento

IGOR GADELHA - AGÊNCIA ESTADO

Integrantes da oposição (PSDB, PPS, SD e DEM) e a filha do jurista Hélio Bicudo, Maria Lucia Bicudo, entregam ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), novo pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff na sala da presidência da Câmara dos Deputados, em Brasília

Líderes de partidos da oposição ao governo Dilma Rousseff protocolaram pouco antes das 10h30 desta quarta-feira, 21, um novo pedido de impeachment da presidente. Deputados do DEM, PSDB, PPS e Solidariedade chegaram à Câmara dos Deputados empurrando um carrinho com o relatório acomodado em trêsvolumosas pastas. Após protocolar o pedido, eles iniciaram uma reunião com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). 

O novo pedido de afastamento estava previsto para ser entregue na última sexta-feira. O adiamento se deu porque os líderes da oposição queriam anexar como justificativa do afastamento alguns decretos presidenciais que previam aumento de gastos neste ano sem autorização do Parlamento. Esses decretos são considerados pelos líderes oposicionistas como indícios de "pedaladas fiscais" no atual mandato.





Nenhum comentário:

Postar um comentário