Ministro da Fazenda, Joaquim Levy vai apresentar carta de demissão hoje a Dilma


Vera Magalhães - Veja.com


O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, preparou uma carta de demissão e deve apresentar o pedido ainda nesta sexta-feira à presidente Dilma Rousseff.

Aliados de Levy e ministros de Dilma ainda contam, no entanto, com a possibilidade de que a presidente peça para ele permanecer no cargo e conduzir uma transição para um novo comandante da economia –uma vez que ela ainda não tem um nome definido para assumir o posto.

A gota d’água para a decisão do ministro, segundo quem acompanhou seu processo de decisão, foi a insistência do ex-presidente Lula em fritá-lo e a falta de empenho do governo em aprovar a CPMF, considerada vital para o ajuste das contas de 2016.

O tom da carta de Levy é neutro e cordial, e pessoas próximas não descartam a possibilidade de, após conversar com Dilma, o ministro permanecer no posto por mais algum tempo.

Um comentário: