FHC lança livro em São Paulo em que aponta 'crise moral' do PT


Debate com a presença do ex-presidente marca o lançamento de 'A Miséria da Política' a partir das 17h30, em São Paulo

O ESTADO DE S.PAULO

Obra de FHC traz textos publicados em jornais

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso lança hoje à noite, em São Paulo, seu mais recente livro, A Miséria da Política - Crônicas do Lulopetismo e outros Escritos, no qual reúne textos publicados desde 2010 no Estado e no jornal O Globo, acrescidos da transcrição de dois discursos e de um artigo para a revista Interesse Nacional. A organização é do diplomata e cientista político Miguel Darcy de Oliveira.

Antes do lançamento, FHC participará de um debate com os jornalistas Eliane Cantanhêde e Ricardo Gandour, do Estado, a partir das 17h30, no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura (Avenida Paulista, 2013). O evento é aberto aos interessados.

Miséria da Política é a primeira coletânea de textos publicados na imprensa por FHC, autor de obras clássicas da sociologia nos 1960 e 1970 que tratavam daquela que ficou conhecida como "Teoria da Dependência da América Latina". Em 2006, FHC lançou A Arte da Política (Ed. Civilização Brasileira), o mais extensivo relato sobre o período em que esteve na Presidência (1995-2002).

Desta vez, neste novo livro, FHC se dedicou a compor um painel sobre as gestões do PT na Presidência, com maior ênfase no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff (2011-2014). O retrato final é o que ele chama de "derrocada do lulopetismo". "Eu não estou discutindo o Lula, mas o que deu a gestão dele, a inspiração dele dentro do PT", afirma o ex-presidente. "É o que vem junto com essa transformação de capitalismo de coalização em capitalismo de cooptação e os instrumentos utilizados para isso: a corrupção, que penetrou e casou com a vida política com setores importantes da vida política. Isso traz uma crise moral, e as pessoas não acreditam mais nas instituições", diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário