Com medo de prisão, mensaleiro Zé Dirceu tenta explicar na Justiça dinheiro recebido do petrolão



O líder do mensalão do PT, José Dirceu, apresentou ontem à Justiça uma petição dizendo estar à disposição para prestar esclarecimentos no âmbito da Operação Lava Jato, que investiga um esquema de lavagem e desvio de dinheiro envolvendo a Petrobras.

O petista afirma, por meio de seu advogado, Roberto Podval, querer esclarecer "as inconsistências" apontadas pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal em relação aos contratos da JD Assessoria e Consultoria Ltda. com algumas das maiores empresas do país. Várias delas estão envolvidas no escândalo de corrupção na estatal.

Nos últimos dias, têm sido recorrentes os boatos entre advogados de que Dirceu poderia ser detido pela PF

Fonte: Mônica Bergamo - Folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário