Governador Geraldo Alckmin inicia obras de 592 moradias na zona norte da Capital


Todas as unidades habitacionais são destinadas a famílias com renda mensal de até R$ 1.600, público alvo do programa da Casa Paulista


O governador Geraldo Alckmin deu início, neste sábado (17/10), às obras de 592 moradias do Condomínio Barra do Jacaré, na zona norte da Capital, em empreendimento viabilizado pela Casa Paulista, braço operacional da Secretaria Estadual da Habitação, em parceria com o governo federal, no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida – Entidades, e com a Prefeitura de São Paulo.

"Fazer Políticas Públicas é cooperar, unir esforços", afirmou o governador. "Em São Paulo há uma dificuldade em encontrar terrenos para construir moradias, então aqui nós vamos fazer essas 592 casas, em dois blocos. E nós temos aqui ao lado já a obra da Linha 6 do Metrô que vai chegar aqui à região da Brasilândia", lembrou Geraldo Alckmin.

O investimento total das 592 unidades habitacionais é de R$ 69,8 milhões, dos quais R$ 11,8 milhões oriundos do Estado, a fundo perdido (R$ 20 mil por imóvel), R$ 11,8 milhões da Prefeitura de São Paulo e R$ 2,7 milhões de recursos próprios. A Associação do Conjunto Residencial Vale das Flores é a entidade organizadora. O agente financeiro responsável pelo financiamento do empreendimento é a Caixa Econômica Federal. As habitações devem ser em entregues no prazo de 24 meses.

O condomínio Barra do Jacaré é dividido em dois empreendimentos, sendo um de 295 apartamentos e outro de 297. Todas as moradias são destinadas a famílias com renda mensal de até R$ 1.600 (público alvo do programa da agência Casa Paulista). Os beneficiados, que não podem ter participado anteriormente de nenhum programa habitacional, terão 120 meses para a quitação do imóvel. A menor prestação é de R$ 25,00/mês e a maior de R$ 80,00/mês. Serão beneficiadas mais de 1.300 pessoas.

As novas unidades respeitam e incorporaram as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação, com área de lazer, dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água, e acessibilidade e infraestrutura completa. Demais melhorias: pavimentação, paisagismo, espaço reservado para estacionamento, centro comunitário e portarias.

Parcerias

A parceria com o governo federal foi selada no dia 12 de janeiro de 2012, para a viabilização de mais 100 mil novas moradias no estado paulista, meta superada em dezembro de 2014. O convênio é executado pela Casa Paulista, agência de fomento habitacional lançada pelo governador Geraldo Alckmin, e pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria da Habitação/Casa Paulista, também firmou acordo com a Prefeitura Municipal de São Paulo, em fevereiro de 2014, para a construção de 30.000 moradias na Capital entre 2014 e 2016. Já estão sendo viabilizadas 9.384 unidades habitacionais, sendo 2.282 em obras e 7.102 uhs programadas, com obras a iniciar.

Casa Paulista

A Agência Casa Paulista foi criada em setembro de 2011 pelo Governo do Estado de São Paulo, para fomentar a habitação de interesse popular e acelerar o atendimento à demanda habitacional em território paulista. Classificada como marco substancial de mudança na política habitacional em São Paulo, estabelece parcerias, capta recursos junto a governos, agentes financeiros e iniciativa privada e destina subsídios e microcréditos para viabilizar ou melhorar as condições de moradias para famílias de baixa renda, especialmente entre um a cinco salários mínimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário