Eleições 2018: Alckmin vai antecipar agenda de campanha


Coluna do Estadão


Candidato ao Planalto, Geraldo Alckmin vai antecipar agenda do período eleitoral em busca de ideias para a campanha. Ele foca em logística e infraestrutura ao programar viagem de carro de Santarém (PA) até Cuiabá (MT). Quer aproveitar um feriado para percorrer os 1.775 km e ver in loco problemas como escoamento de produção e condições de estradas. Também fará a rota Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) para conhecer as demandas da região, considerada a nova fronteira agrícola do País.

Outra de suas prioridades será observar o impacto da crise hídrica, que tanto afetou São Paulo, há pouco tempo, e hoje causa grandes problemas no Nordeste e no Centro-Oeste.

A interlocutores Alckmin diz que sua viagem não se trata de uma caravana como a feita recentemente pelo petista Luís Inácio Lula da Silva, que considera ultrapassada por incluir discurso e claque.

Escolado. Alckmin diz que na campanha de 2006 as viagens pelo País lhe tomaram muito tempo. Ao antecipar essa agenda, no período eleitoral poderá focar mais nas gravações dos programas e debates.

Aplicado. O governador tem aproveitado as noites de sábado e domingo para estudar propostas para o País. Tem dito que ou o Brasil pega o rumo ou pode ir para um populismo fiscal de graves consequências.

Modelo. Uma das inspirações de Alckmin para montar seu programa de governo na área de infraestrutura e desenvolvimento regional têm sido os programas Brasil em Ação e Avança Brasil, adotados no governo de Fernando Henrique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário