Prefeito Doria fecha acordo com USP para derrubar muro na raia olímpica


Folha.com


O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), fechou acordo com a USP (Universidade de São Paulo) para dar fim ao muro que separa a raia olímpica da universidade da marginal Pinheiros, na zona oeste.

Orçada em cerca de R$ 2 milhões, a mudança será bancada por empresas que doarão os materiais necessários para isso. A barreira, que existe ali há 21 anos, será trocada por gradis.

A medida foi anunciada nesta segunda-feira (8).

Além de um trabalho de paisagismo, a promessa é refazer a iluminação da área e construir uma pista de cooper no espaço que separa a raia da marginal. Uma empresa da área de saúde doará cerca de R$ 1,6 milhão para a retirada do muro e instalação da grade.

Outra empresa fará todo o projeto de iluminação de LED (mais econômica) e de um sistema que permite o controle dos gastos com energia elétrica. A estimativa é de que o custo disso chegue a R$ 200 mil. Uma terceira companhia é a responsável pelo projeto, que prevê cerca de mil refletores, segundo a prefeitura.

O prazo estipulado pelo prefeito para finalizar a obra é agosto deste ano.

MAIS UM

O anúncio de Doria para a raia é parte de um projeto divulgado em 2012 pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) que não avançou.

Padrinho político do prefeito, Alckmin não conseguiu tirar do papel projeto que planejava não só retirar o muro como construir uma passarelas com 500 metros de extensão que ligaria a USP ao Parque Villa-Lobos.

A ideia era fazer isso por meio de parceria público-privada com apoio do Banco Mundial.

Antes disso, porém, o então secretário de Subprefeituras da cidade, Andrea Matarazzo (hoje no PSD) já havia sugerido o plano de reestruturação da área da raia ao governador da época, José Serra (PSDB).

HISTÓRIA

Construída em 1973 paralelamente à marginal, a raia olímpica é um conjunto esportivo destinado à prática do remo e da canoagem. Com 2.200 metros de extensão e cem metros de largura, foi usada em competições. Além de ser utilizada em regatas, costuma ser ponto de treinamento de atletas amadores.


Nenhum comentário:

Postar um comentário