Dobradinha tucana: Alckmin e Marconi apostam que o próximo presidente da República será do PSDB



Os tucanos estão afinados e podem partilhar a chapa majoritária para 2018

Resultado de imagem para Alckmin e Marconi
Marconi Perillo é apontado como possível vice de Alckmin para 2018 

Em Goiânia, os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, e de Goiás, Marconi Perillo, ambos do PSDB, demonstraram que estão inteiramente afinados — até nas brincadeiras. O paulista chegou a sugerir que poderia ser candidato a vice-presidente numa chapa com o goiano como candidato a presidente da República. No caso de chapa pura, não será surpresa se os nomes dois apareceram juntos nas urnas eletrônicas. A tendência é o tucano do Centro-Oeste seja vice do tucano do Sudeste.

Geraldo Alckmin elogiou Marconi Perillo tanto como gestor quanto político. Ele dormiu uma noite no Palácio das Esmeraldas, na semana passada. Os tucanos dialogaram sobre a situação econômica e política do país. Os dois acreditam que o próximo presidente da República será filiado ao PSDB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário