"O Haddad passava aqui às vezes e nem olhava na cara", diz jornaleira que tirou selfie com Alckmin e Doria


Alckmin e Doria caminham pelo centro da cidade após assinatura de convênio na prefeitura

WELBI MAIA - EDITOR



O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quarta-feira, 4 de janeiro, o repasse de R$ 84 milhões para o fortalecimento da rede socioassistencial do município de São Paulo. Desse total, R$ 64 milhões são provenientes do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS) e o restante é originário dos programas estaduais de transferência de renda: Ação Jovem e Renda Cidadã. Essa é a primeira ação conjunta entre Estado e Prefeitura após a posse do prefeito João Doria.

Depois das assinaturas dos convênios, após realizarem um evento para anunciar repasses do fundo estadual para o municipal de Assistência Social, fotos e entrevista coletiva, o governador e o prefeito desceram até o Viaduto do Chá e caminharam pela Rua Líbero Badaró para ir a uma lanchonete tomar um café. Rotina que Alckmin mantém em todas suas agendas fora do Palácio dos Bandeirantes.


Durante a curta caminhada o prefeito e o governador foram parados diversas vezes por pelas pessoas que passavam que queriam cumprimentá-los e tirar selfies. "Estava colocando coisas na geladeira e senti alguém me abraçando por trás. Era o prefeito", contou a jornaleira Selma de Oliveira, de 34 anos, que tem uma banca na esquina da Líbero com a Rua Doutor Falcão Filho. "Estava com isso na mão (apontando para um saco plástico) e estava todo mundo me filmando", disse.

Depois, Selma ficou postada na porta da banca para pegar o prefeito na volta e, ela também, fazer uma selfie. "Eu já tenho uma com o Alckmin", afirmou. "O Haddad passava aqui às vezes e nem olhava na cara. Só um dia que falaram 'olha o prefeito' ele deu um tchauzinho."


O mais animado foi um gari que entro no meio da multidão e conseguiu garantir uma selfie com o prefeito. "O Doria é gente como a gente", disse o gari ao exibir a foto com o prefeito em seu celular. 


Um comentário:

  1. Parabéns, Welbi. Acompanho seu trabalho há algum tempo e gosto bastante da qualidade das informações que encontro aqui. Um abraço e tudo de melhor em 2017!

    ResponderExcluir