Governador Geraldo Alckmin se reúne com investidores nos Estados Unidos


Governador apresentou, na manhã de hoje, os quatro projetos do programa de concessões de rodovias do Estado ao Council of the Americas


Depois de receber a chancela técnica do IFC – International Finance Corporation, o governador Geraldo Alckmin apresentou hoje, 10/11, a investidores internacionais, o novo programa estadual de concessões de rodovias. O evento foi realizado em Nova Iorque, pelo Council of the Americas (COA), organização internacional que visa o desenvolvimento econômico e social de países americanos.

Aos potenciais investidores, foram apresentados os quatro projetos do programa. O primeiro, da rodovia Centro Oeste Paulista, totaliza 570 km e prevê a duplicação completa desde Florínea, na divisa com o Paraná, até Igarapava, na divisa com Minas Gerais, com investimentos de R$ 3,9 bilhões. O segundo foi a Rodovia dos Calçados, que começa em Itaporanga e chega até o polo calçadista de Franca, totalizando 747 Km e investimento de R$ 4,5 bilhões em 30 anos. A Rodovia do Litoral Paulista, que liga Miracatu, no sul do Estado, e Ubatuba, no norte, com 343 km e, ainda, um trecho no Rodoanel Norte.

O governador ressaltou a importância imediata da realização dos projetos: “É importante para gerar emprego, muito emprego na operação e na construção civil. Além de permitir o desenvolvimento, reduz acidentes com rodovias mais seguras”.

Todos os projetos foram atestados pelo IFC por meio de uma carta de compromisso, que garante não apenas um aval para que investidores se sintam seguros em aplicar recursos nos programas estaduais, mas sinaliza uma disposição da entidade de alocar recursos no projeto.

“A concessão é de trinta anos e o investidor enxerga em longo prazo. O importante, num investimento desses, é o trabalho que São Paulo fez oferecendo projetos que têm certificação, boa engenharia financeira, bom marco regulatório e uma agência reguladora independente, como a Artesp. Estamos otimistas, inclusive com a boa notícia de ontem, de receber a carta de interesse do IFC, de não apenas ter participado como parceiro do projeto, mas de financiar parte do investimento”, disse o governador.

Além da apresentação do programa de concessões, Alckmin destacou que o Estado possui a maior e melhor rede rodoviária do Brasil. De acordo com a última pesquisa CNT, as 19 melhores rodovias estão em São Paulo e estão no programa de concessões do Estado. A rede inclui quase 7 mil km de rodovias pedagiadas administradas por concessionárias de rodovias e mais de 15 mil km sob administração pública.

O governador ressaltou também que São Paulo é pioneiro em investimentos em parceria com a iniciativa privada no Brasil. Atualmente, o Estado dispõe de aproximadamente R$ 26 bilhões de investimentos com parcerias em áreas distintas como construção de hospitais e produção de medicamentos, duplicação de rodovias, habitação popular, saneamento e abastecimento de água, além de transporte público.


Principais inovações para os usuários

As inovações operacionais incluem rede de dados sem fio para comunicação com usuários da rodovia, serviços de atendimentos mecânico e médico, câmeras inteligentes com detecção automática e integradas ao Centro de Controle de Informações (CCI) da Artesp e ao Detecta, da Secretaria da Segurança Pública. Haverá ainda sistema de pesagem de caminhões em movimento, vídeo registro georreferenciado realizado a cada quatro anos para manter o histórico da evolução da rodovia

Está previsto também o sistema de pedágio flexível, com tarifas conforme a demanda (volume de tráfego e horário) de cada trecho da rodovia. O concessionário poderá aplicar valores diferenciados de tarifas de acordo com o horário do dia, dia da semana, tipo de veículo e até por trecho percorrido, como o Sistema Ponto-a-Ponto já existente nas rodovias de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário