Governador Geraldo Alckmin lança campanha comemorativa ao Outubro Rosa


Mês é dedicado à conscientização e prevenção do câncer da mama


O governador Geraldo Alckmin lançou nesta terça-feira, 4 de outubro, campanha comemorativa ao Outubro Rosa, mês dedicado à conscientização e prevenção do câncer da mama. O lançamento aconteceu durante visita à carreta do programa Mulheres de Peito, estacionada no shopping Aricanduva, que oferece exames de mamografia gratuitos.

O veículo, da Secretaria da Saúde, oferece mamografias sem a necessidade do pedido médico para mulheres entre 50 e 69 anos de idade. Pacientes fora dessa faixa etária também podem receber atendimento, desde que tenham em mãos um pedido médico emitido tanto pela rede pública quanto particular.

O governador explicou os procedimentos do serviço: "Se o resultado estiver ok, repete-se o exame daqui a dois anos. Agora, se houver alguma dúvida, já faz a ultrassonografia na própria carreta e, se aparecer algum nódulo ou algo que aparente possibilidade de câncer, faz a punção para a biópsia. Caso dê algum problema, já encaminha para o tratamento cirúrgico, quimioterápico, enfim, o que for necessário", completou Alckmin.

Além da carreta do shopping Aricanduva, que permanecerá lá até o dia 8 de outubro, outra unidade do programa está estacionada no Santana Shopping, na zona norte da capital, até o dia 29 de outubro. O Santana Shopping fica localizado na Avenida Voluntários da Pátria, 2.182. Outras unidades do programa também realizam exames gratuitos em dois municípios do interior do Estado. Em Limeira, a carreta permanece até o dia 22 e, em Itapevi, até o dia 26.

“A inclusão do ‘Outubro Rosa’ no calendário é uma oportunidade para ressaltarmos a prevenção e importância de um diagnóstico rápido do câncer de mama, que é a maior causa de morte por tumores em mulheres no Brasil e também em São Paulo. O programa de rastreamento do Governo do Estado deseja justamente facilitar o acesso das mulheres ao exame de mamografia e, consequentemente, agilizar o diagnóstico e tratamento precoce para a doença”, diz David Uip, secretário de Estado da Saúde.


Programa já ofertou mais de 100 mil exames

A iniciativa da Secretaria da Saúde tem como objetivo ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado. Para isso, quatro carretas-móveis percorrem mais de 120 municípios paulistas desde o início do programa, em 2014.

Nesse período, as quatro carretas de mamografia já realizaram 103.400 exames, sendo 98.644 mamografias, 4.226 ultrassonografias e 530 biópsias. Das mulheres avaliadas, 1.343 foram direcionadas a centros de referência que integram a rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer para prosseguimento das investigações de alterações identificadas nos laudos.

As unidades móveis contam com equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

As carretas possuem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além do mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

As imagens captadas pelos mamógrafos são encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado sai em até 48 horas após a realização do procedimento.

O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e também aos sábados, entre 9h e 13h, exceto feriados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário