Em encontro com Alckmin, Doria afirma que vai buscar integração entre município e Estado


ANGELA BOLDRINI - FOLHA.COM

Resultado de imagem para joão doria ALCKMIN
O prefeito eleito João Doria (PSDB) encontrou-se com seu padrinho político, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), na noite desta segunda-feira (3) pela primeira vez desde que foi confirmado como sucessor de Fernando Haddad (PT) à frente de São Paulo.

Doria afirmou que tratará com Alckmin de projetos de integração município-Estado. "Principalmente na área da saúde, que vai ser a prioridade do governo agora nesse início", afirmou ele.

Segundo o tucano, um dos programas que será implementado "emergencialmente" com parceria de hospitais do Estado será o "Corujão da Saúde", que pretende disponibilizar exames durante a madrugada para pacientes da rede municipal.

Doria voltou a elogiar o atual prefeito Fernando Haddad (PT), que derrotou nas urnas neste domingo (2). Apesar do tom de ataque ao PT durante a campanha, o tucano afirmou que acredita que Haddad cumprirá "bastante bem" os meses finais de gestão.

"Nós temos conversado, ele tem sido um 'gentleman'", disse. "Vamos manter conversas constantes para não interromper nenhum serviço, nenhum atendimento nessa transição."

Doria afirmou ainda que não discutirá nomes com o governador antes de novembro, e que deve se encontrar pela primeira vez com o presidente Michel Temer (PMDB) na semana que vem, em São Paulo. O governador Geraldo Alckmin não falou à imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário