Governador Geraldo Alckmin recebe atletas do Time São Paulo Paralímpico


Também foram recepcionados atletas paulistas que participaram dos Jogos Paralímpicos Rio 2016


O governador Geraldo Alckmin recebeu nesta terça-feira, 20, no Palácio dos Bandeirantes, os 33 atletas do Time São Paulo Paralímpico que participaram dos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Os atletas, responsáveis por 57% das medalhas de ouro do Brasil (e 42% do total da delegação brasileira), foram condecorados com a medalha do mérito esportivo. Também participaram da recepção a secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella e o secretário de Esportes, Lazer e Juventude, Paulo Gustavo Maiurino.

“Foi uma alegria muito grande receber os atletas do Time São Paulo. O Brasil brilhou, um espetáculo maravilhoso. Tivemos como grande legado o Centro Paraolímpico Brasileiro, que está entre os cinco melhores e maiores do mundo, um trabalho muito bem feito”, disse o governador.

Na oportunidade, também foram homenageados 35 médicos fisiatras da Rede de Reabilitação Lucy Montoro, que atenderam os mais de 4 mil atletas de todas as delegações paralímpicas. A convite do Comitê Rio 2016, os profissionais ocuparam, entre os dias 7 e 18 de setembro, a Policlínica da Vila Olímpica.

O Time São Paulo Paralímpico é a seleção composta por atletas de elite de diversas modalidades, constituída por meio de convênio entre a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e o Comitê Paralímpico Brasileiro. O convênio prevê ajuda de custo para atletas e treinadores, suporte para aquisição de materiais esportivos e gastos com viagens em competições.

Os atletas do Time São Paulo levaram 30 das 72 medalhas conquistadas pela delegação brasileira, sendo 8 de ouro, 13 de prata e 9 de bronze. No quadro geral de medalhas, o Brasil ficou na 8ª colocação, somando 72 medalhas, sendo 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze.

Entre as conquistas do Time São Paulo estão 14 medalhas no atletismo, sendo quatro de ouro, seis de prata e quatro de bronze. Ocuparam o lugar mais alto do pódio os atletas Claudiney dos Santos, Gustavo Araújo, Silvania Costa, Shirlene Coelho (que além do ouro conquistou prata) e Daniel Silva (que também levou bronze). Já as medalhas de prata ficaram com Odair Santos, Terezinha Guilhermina, Yohansson Ferreira e Verônica Hipólito (os três últimos também conquistaram medalhas de bronze).


A segunda modalidade com maior número de medalhas é a natação, que somou 12 subidas ao pódio, sendo quatro de ouro, cinco de prata e três de bronze, com destaque para os atletas Daniel Dias, com quatro medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze; Andre Brasil, com duas de prata e duas de bronze e Carlos Farrenberg, com uma de prata. Na bocha, Dirceu Pinto e Eliseu dos Santos alcançaram uma medalha de prata. O judô conquistou uma de prata, com a judoca Lúcia Teixeira, e o tênis de mesa trouxe duas medalhas de bronze, com a atleta Bruna Alexandre.


O grande destaque das Paralimpíadas Rio 2016 é para Daniel Dias, que somou 24 medalhas conquistadas em Jogos Paralímpicos e se tornou o nadador paralímpico com maior número de medalhas na história, ultrapassando o australiano Mathew Cowdrey.

As competições aconteceram até o dia 18 de setembro. A Delegação Brasileira tem a participação de 278 atletas convocados, sendo que 33 fazem parte do Time São Paulo Paralímpico.



Nenhum comentário:

Postar um comentário