Alunos contrários à ocupação retiram colegas e retomam Etec de SP


Pais, alunos e funcionários retomaram prédio na noite desta quinta (12)
Ocupantes estavam na Etec da Zona Oeste desde o dia 3 de maio


Após ser ocupada durante o protesto por melhorias na merenda, a Escola Técnica (Etec) Professor Basilides de Godoy, na Vila Leopoldina, na Zona Oeste de São Paulo, foi retomada por estudantes contrários à ocupação. A Etec estava ocupada desde o dia 3 de maio.

Na noite desta quinta-feira (12), por volta das 19h, pais, alunos e funcionários entraram na Etec para expulsar os estudantes da ocupação.

Segundo os novos ocupantes, cerca de 200 pessoas, não houve confusão na retomada do prédio. De acordo com eles, os móveis estavam revirados e computadores danificados. No portão, havia faixas e pneus espalhados.

Cadeiras foram levadas para a parte externa do prédio e quebradas. No local que abrigava o servidor, os discos rígidos arrancados. Eles reuniam as informações de 30 mil alunos em mais de 70 anos de existência da unidade de ensino.

Os novos ocupantes querem que as aulas sejam retomadas na próxima segunda-feira (16) e iniciam um mutirão neste sábado (14) para limpeza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário