Governo de SP denuncia fraude da Folha de S.Paulo em entrevista de especialista da ONU



A Subsecretaria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo emitiu nota de esclarecimento onde afirma, após apuração, que encontrou fortes indícios de falsidade ideológica, falsidade material e plágio em entrevista concedida por Blanca Jiménez, especialista da ONU e secretária do Programa Hidrológico Internacional da Unesco, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo em 26 de março de 2016.

Segundo a nota, o jornal copiou diversos trechos de entrevista concedida pela mesma Blanca Jiménez ao jornal O Estado de S. Paulo, em 4 de novembro de 2014.

A SECOM afirma que também foram inseridas na entrevista frases nunca ditas pela entrevistada, assim como referências nunca feitas por ela à gestão hídrica do Governo do Estado de São Paulo.

Leia, abaixo, a íntegra da nota de esclarecimento:



Nota de esclarecimento sobre fortes indícios de fraude em entrevista publicada pelo jornal Folha de S. Paulo

Após nove dias de rigorosa apuração pelo Governo do Estado de São Paulo, constatamos haver fortes indícios de falsidade ideológica, falsidade material e plágio em entrevista concedida por Blanca Jiménez, especialista da ONU e secretária do Programa Hidrológico Internacional da Unesco, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo em 26 de março de 2016.

O texto publicado pela Folha de S. Paulo copiou diversos trechos de entrevista concedida pela mesma Blanca Jiménez a outro veículo de imprensa, o jornal O Estado de S. Paulo, em 4 de novembro de 2014.

E o mais grave: também foram inseridas na entrevista frases nunca ditas pela entrevistada, assim como referências nunca feitas por ela à gestão hídrica do Governo do Estado de São Paulo. Frases ainda foram plagiadas fora do contexto, tornando suas observações incompreensíveis ou tecnicamente equivocadas.

Da entrevista original publicada pelo Estado de S.Paulo, 351 palavras (ou 72% de um total de 483 palavras) foram reproduzidas nas páginas da Folha, um ano e quatro meses depois. Não apenas respostas, mas até perguntas foram plagiadas.

Ademais, não há uma única confirmação de que as frases que embasaram o título, a abertura do texto e a chamada na capa do jornal da matéria “Crise da água só terá fim com gestão correta, diz gestora do setor na ONU” tenham jamais sido ditas pela entrevistada - como a própria Blanca Jiménez afirmou, em carta oficial da ONU, datada de 31 de março e enviada ao jornal.

Frases da entrevistada foram adulteradas para forjarem uma crítica jornalística.

O Governo do Estado achou por bem proceder à divulgação pública dos fatos apurados até o momento porque outros veículos de imprensa reproduziram de boa-fé o conteúdo da entrevista. A apuração dos fatos continua.

Subsecretaria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário