Geraldo Alckmin: país vive “sua crise mais profunda”


Governador paulista falou antes de seguir para protesto na Paulista

MARIANA TIMÓTEO - O GLOBO


Reunido com lideranças da oposição como o senador Aecio Neves, Aloysio Nunes e o deputado Paulo Pereira da Silva, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, fez um rápido pronunciamento antes de seguir para a avenida Paulista. Ele disse que o Brasil vive “sua crise mais profunda” e que é preciso “virar esta página”.

— O país não pode perder tempo, é preciso correr no sentido de buscar uma solução rápida para retomar o crescimento, o emprego e a qualidade de vida. Uma crise política, econômica, social. Cabe ao Congresso Nacional dar um rumo e avançar. Hoje é o dia da democracia e uma manifestação espontânea da população — disse Alckmin.


Nenhum comentário:

Postar um comentário