'Deveria se preocupar com a crise', diz Alckmin sobre pré-candidatura de Lula


Governador de São Paulo esteve em Santos, SP, na manhã desta quinta.
Além de visitar obras, tucano participou de palestra com universitários.

Orion Pires - G1 

Alckmin ministrou aula magna em universidade de Santos
(Foto: Orion Pires/G1)

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve em Santos, no litoral de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (1), e afirmou que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva deveria pensar, antes de se lançar candidato à presidência em 2018, a ajudar o país a sair da crise.

Alckmin esteve no litoral de São Paulo para participar de um bate-papo com alunos da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) e também visitou as obras do Hospital dos Estivadores, que está em construção.

Durante conversa com jornalistas, Alckmin afirmou que é cedo para pensar em sair candidato à presidência. O governador ainda criticou Lula, que segundo coluna publicada hoje pelo jornal "Folha de S. Paulo", já estuda se lançar como pré-candidato à Presidência da República.

"Três anos em política são três séculos. Está muito distante. O Lula deveria estar preocupado com a crise atual, e não com 2018. Eu nunca vi uma crise desse tamanho. É uma crise onde quase 1 milhão de pessoas perderam o emprego. É uma crise social, política e ética com o problema da corrupção. Ele deveria se atentar a como segurar os empregos e oxigenar a economia", disparou.

Durante o discurso, Alckmin ainda sugeriu que o governo Federal invista em serviços de exportação e infraestrutura para melhorar o cenário nacional e retomar o crescimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário