São Paulo atinge menor índice de homicídios da série histórica


Com redução de 20,24% nos homicídios dolosos, a cidade de São Paulo atingiu o índice recorde de 9,22 mortes por 100 mil habitantes


O governador Geraldo Alckmin participou nesta quarta-feira, 23, do Encontro Regional dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs) da Capital e Grande São Paulo, onde foi apresentada a queda dos índices e também o pagamento de bônus para os policiais civis, militares e técnico-científicos do Estado de São Paulo. A bonificação relacionada às metas do primeiro trimestre deste ano será paga no dia 5 de outubro; já a relativa ao segundo trimestre será paga no dia 5 de novembro.

Serão beneficiados policiais que atuam em áreas em que houve redução dos índices de homicídios dolosos, latrocínios, roubo e furto de veículo e roubo em geral. Apenas no ano passado, considerando os pagamentos pelas metas dos quatro trimestres de 2014, foram investidos R$ 173.142.239,36. Ao todo, neste período, foram pagos 222.720 bônus, que variaram entre R$ 350 e R$ 4.500 a mais no salário dos policiais que ajudaram a atingir as metas.

“Ontem, anunciamos a queda do roubo de carga pelo quarto mês consecutivo. Hoje, estamos apresentando as quedas nos crimes contra a vida, nossa maior prioridade. Chegamos ao menor índice da série histórica. Nossa meta era a de 10 homicídios por 100 mil habitantes, o teto aceitável pela Organização Mundial da Saúde. O Brasil tem mais de 27. Aqui em São Paulo chegamos a 9,22 e vamos trabalhar para reduzir ainda mais”, comentou o govenador, parabenizando o trabalho das polícias. “Chegar nesse índice na terceira maior do mundo é fruto de muito trabalho. Meus cumprimentos às nossas polícias”, disse.

A cidade de São Paulo continua apresentando queda em todos os principais indicadores de criminalidade. Mais uma vez, os homicídios dolosos caíram em toda a capital. A redução de 20,24% observada em agosto baixou o índice de mortes intencionais para 9,22 ocorrências por 100 mil habitantes. É a menor taxa da história e está abaixo do limite considerado endêmico pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em agosto passado, houve 67 registros, ante 84 do mesmo período de 2014 – o que representa o menor índice desde 2001, quando começou a série histórica. É também a primeira vez que o número de ocorrências fica abaixo de 70 casos.

Bonificação

Criado em 2014, a partir de sugestões da sociedade civil, o Programa de Metas e de Bonificação Policial é uma das ações do projeto São Paulo contra o Crime. O objetivo principal é premiar o esforço dos policiais na redução da criminalidade.

É baseado em um modelo de gestão desenvolvido em conjunto pela Secretaria da Segurança Pública, comando das polícias e Instituto Sou da Paz.

Um dos pilares do programa é a adoção da meritocracia na gestão das polícias, uma prática comum na iniciativa privada. A escolha dos indicadores estratégicos levou em conta aspectos como a incidência e o impacto social de cada tipo de crime. São eles o número de vítimas de letalidade violenta, o que inclui vítimas de homicídios dolosos e de latrocínios, o número de roubos e furtos de veículos e roubos em geral. Para atingir as metas, as três polícias têm que desenvolver planos de ações em conjunto e atuar de forma integrada.

A bonificação aos policiais é condicionada ao resultado em áreas de atuação compartilhada – formadas pelo Batalhão e CPA da PM, Seccional da PC e equipes do IC e IML – e pode variar de acordo com o desempenho geral do Estado. As metas levam em conta os resultados estaduais e das áreas de atuação compartilhada, que são semelhantes à área dos batalhões da PM. Ao todo, há 104 áreas de atuação compartilhadas no Estado.

Conselhos Comunitários de Segurança

O governador Geraldo Alckmin comentou a importância da participação da sociedade na melhora da segurança.

“Quero destacar a importância dos Consegs, que estão completando 30 anos. É a sociedade sendo parceira do Governo em cada distrito policial. Agora teremos o Conseg Virtual, onde as pessoas podem participar de casa. É uma boa parceria, de mãos dadas para melhorar a segurança”, disse Alckmin.

O Conseg Virtual tem como finalidade facilitar a comunicação entre todos os conselhos de segurança. “A instalação do Conseg Virtual já está em ritmo acelerado, com o objetivo de tornar mais acessível a comunicação entre os Consegs existentes”, explicou o secretário de Estado da Segurança Pública, Alexandre de Moraes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário