Para Geraldo Alckmin, prêmio pela gestão hídrica é merecido


Folha.com


Sem falsa modéstia, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou nesta quarta-feira (23) que vai Brasília receber o prêmio pela gestão da água no Estado de São Paulo, dada a ele pelo Congresso Nacional.

"Modéstia à parte, [o prêmio] é merecido", afirmou o governador tucano.

Segundo ele, "São Paulo hoje é um modelo para o Brasil do ponto de vista de recursos hídricos".

Ao justificar a premiação, Alckmin, que participou no fim da manhã de uma evento sobre segurança pública, no bairro da Liberdade, em São Paulo, listou todas as ações, alguma "históricas", segundo ele, tomadas pela sua gestão no combate da crise da água. Ele também dividiu os louros da conquista com os moradores do Estado.

"O prêmio não é a mim, mas a toda a população de São Paulo, ao esforço que foi feito pela secretaria de recursos hídricos e pela Sabesp".

O governador é um dos vencedores do prêmio Lucio Costa de Mobilidade, Saneamento e Habitação, que visa reconhecer as iniciativas que buscam a melhora da vida dos cidadãos. Para receber o prêmio, o governador paulista foi indicado pelo deputado tucano João Paulo Papa. O parlamentar, além de ter sido prefeito de Santos, também foi diretor da Sabesp.

Papa justifica a escolha pelos avanços de São Paulo, nos últimos anos, para atingir a universalização do saneamento. Papa diz que a atual crise hídrica apenas joga luz no esforço do governador nesse setor.

Após a indicação do deputado, Alckmin foi eleito de maneira unânime pelos parlamentares membros da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário