Trecho de ciclovia do Minhocão fica sem luz à noite e iluminado de dia


Leda Antunes e Rafael Ribeiro - Agora

Julia Chequer/Folhapress 
Trecho de ciclovia do Minhocão sem iluminação na noite de terça-feira (11)

De noite, um apagão que deixava pedestres e ciclistas com medo. Sob a luz do sol, todas as lâmpadas acesas.

Quatro dias depois de ser inaugurada pela administração Fernando Haddad (PT), assim estava a ciclovia do Minhocão, no centro de São Paulo. Os problemas de iluminação atingiam um trecho de 500 metros –de um total de 4,1 km de extensão.

Na noite de terça-feira (11), a pista para bicicletas, que fica embaixo do elevado Costa e Silva, estava apagada entre a avenida São João e a praça Marechal Deodoro.

"Todos sabem que essa região é extremamente perigosa. Luz é essencial. Imagina quem vem pela primeira vez. Nunca mais volta", afirmava Almir Nunes, 32, bancário, sobre a escuridão noturna.

O apagão também assustava passageiros dos ônibus que esperavam nos pontos do corredor exclusivo da via.

A cabeleireira Ivana Soares, 27, moradora de Pirituba (zona norte), quase foi atropelada por uma bicicleta quando esperava um ônibus.

"Corro risco de ser atropelada até na calçada", disse.

Após a prefeitura ser avisada do problema pela própria reportagem, a iluminação foi retomada de madrugada. Mas as lâmpadas foram mantidas acesas em plena luz do dia, na tarde desta quarta (12).

Robson Ventura/Folhapress 
Após reparo na iluminação do Minhocão, lâmpadas foram mantidas acesas durante o dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário