Governador Geraldo Alckmin oferece R$ 50 mil por pistas sobre suspeitos de chacina


Valor é o maior já oferecido por informações; dezoito pessoas morreram em Osasco e Barueri após uma série de ataques

LUIZ FERNANDO TOLEDO - O ESTADO DE S. PAULO


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta segunda-feira, 17, que o governo estadual dará uma recompensa de R$ 50 mil para quem tiver novas informações que levem à prisão de suspeitos pela chacina que matou 18 pessoas na última semana em Osasco e Barueri.

As denúncias devem ser feitas pelo site webdenuncias.org.br. O valor é o teto de recompensas oferecidas pelo governo do Estado por informações sobre suspeitos. 

Alckmin afirmou que há 50 policiais focados em esclarecer o caso, mas que as colaborações serão bem-vindas. "Quem tiver informações, não é pelo 181, é pelo Web Denúncia. Total sigilo", disse o governador.

O governador não deu novos detalhes sobre os avanços da operação no fim de semana para, segundo ele, não comprometer as investigações.

"Nenhuma hipótese está descartada e nós devemos ter segurança para poder fazer afirmações comprovadas. Então vamos aguardar o trabalho", disse.

Alckmin disse ainda que o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, tem reunião marcada nesta segunda-feira, 17, com toda a equipe da Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário