Governadores Geraldo Alckmin e Azambuja defendem participação do PSDB nos protestos contra Dilma


Para os governadores de São Paulo e do Mato Grosso do Sul, decisão de ir ou não às manifestações contra o governo, em 16 de agosto, deve ser da direção do partido


Os governadores tucanos de São Paulo e do Mato Grosso do Sul, Geraldo Alckmin e Reinaldo Azambuja, defenderam nesta terça-feira o direito do PSDB de participar das manifestações contra o governo Dilma Rousseff marcadas para o dia 16 de agosto. Enquanto Azambuja diz que as lideranças do partido têm o direito de convocar para o protesto, Alckmin disse que esta deve ser uma decisão da direção tucana.

"A questão se vai convocar ou não vai convocar, é uma questão da direção partidária", disse o governador paulista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário