Aécio lança site que prega declaração pública de adesão à oposição nas redes


Daniela Lima - Folha.com


O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), lançou nesta terça-feira (30) um site em que diz que a oposição cresceu desde a derrota contra a presidente Dilma Rousseff, em 2014, e estimula declarações públicas de apoio à agenda contrária ao governo. A página ainda faz uma convocação para a convenção nacional da sigla, dia 5 de julho, na qual o mineiro será reeleito para o comando da legenda.

Acesse: 

O site faz uma referência direta à votação que Aécio teve em 2014, quando disputou a presidência da República contra Dilma e perdeu por uma margem pequena de votos. O texto afirma que, de lá para cá, o número de simpatizantes da oposição cresceu.

"Em 2014, o PSDB apresentou ao Brasil uma campanha pela mudança, com propostas reais para melhorar a vida dos brasileiros. Nossa campanha contou com o apoio de mais de 51 milhões de votos. Agora somos mais", diz.

Na abertura da página, é apresentada uma animação em que um narrador fala sobre como a vida da "dona Joana" piorou "depois que os preços dispararam". A peça faz uma alusão ao período mais crônico da alta de preços no país, entre as décadas de 1980 e 1990, dizendo que, agora, as pessoas passaram a levar a calculadora para o supermercado.

O filme diz ainda que a filha da "dona Joana" não pode mais estudar porque não conseguiu o Fies, programa de financiamento educacional que sofreu cortes este ano. A peça também explora o escândalo da Petrobras e as chamadas pedaladas fiscais. "A coisa não está fácil. Hoje, dona Joana é oposição. Ela é a favor do Brasil", encerra a peça.

O mote "oposição a favor do Brasil" foi lançado pelo PSDB no último programa nacional da sigla, marcado por críticas ao governo da presidente Dilma Rousseff e às suspeitas de desvios na Petrobras.

A ideia do partido é que, após a convenção, o site seja usado não só pelo PSDB, mas militantes de outras siglas e movimentos que confrontam o governo.

A página conta com uma sessão de vídeos em que pessoas comuns se declaram "oposição" a Dilma e ao PT. Há ainda um aplicativo para que internautas adicionem a frase "oposição a favor do Brasil" em seus perfis nas redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário