Aécio diz que Lula também é responsável pela crise


Gabriela Guerreiro - Folha.com


Presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG) disse nesta segunda-feira (22) que o ex-presidente Lula tenta "descolar" o PT do governo Dilma Rousseff, mas que os dois são "autores de uma obra conjunta". Ao comentar as recentes críticas do petista à gestão de Dilma e ao próprio PT, o tucano disse que o ex-presidente tem que "assumir" sua parcela de responsabilidade sobre a crise que atinge o país.

"A obra não é de autoria da presidente Dilma, exclusivamente. Essa é uma obra de autoria conjunta: do presidente Lula, da presidente Dilma. E não há como descolar uma coisa da outra: o governo é o PT, o governo é Dilma, o governo é Lula. Foi assim nos momentos positivos e será assim nesse momento de grandes dificuldades", afirmou Aécio.

Lula pregou nesta segunda uma "revolução" no PT e afirmou que a sigla tem os vícios de todo partido que cresce e chega ao poder. O ex-presidente disse ainda que os correligionários "só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito", em referência a cargos no governo federal e disputas eleitorais.

Na semana passada, o petista atacou Dilma ao afirmar que a presidente está no "volume morto" e o PT "abaixo dele".

"Acho que o presidente Lula, mais do que ataques à atual presidente, sua criatura, tem que reassumir sua parcela de responsabilidade pelo que vem acontecendo no Brasil", afirmou Aécio.

O presidente do PSDB disse que o Brasil, além de viver uma crise econômica e outra "moral" com a desaprovação e baixa popularidade do governo federal, enfrenta uma terceira crise de "confiabilidade" que impede a recuperação da economia do país.

"Crise internacional não existe. Ela não existe na China –para repetir suas palavras–, na Alemanha, nos EUA. Isso é uma obra caseira. Essa crise é como a jabuticaba: é uma fabricação aqui do Brasil, feita pelo governo do PT", afirmou Aécio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário