Governador Geraldo Alckmin estuda repassar às famílias verba para compra de material escolar



O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (11), em Leme (SP), que o governo estuda repassar o recurso para a compra do material diretamente para as famílias.

Segundo ele, a medida descentralizaria a compra. De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, o atraso na entrega dos kits ocorreu por causa de uma decisão da Justiça de suspender a licitação para a compra do material escolar.

"O Distrito Federal já fez isso, de repassar os recursos diretamente para as famílias. Estamos estudando, avaliando os resultados do Distrito Federal, para talvez adotar aqui no Estado de São Paulo", disse o governador, sem precisar prazos.

De acordo com Alckmin, o repasse ocorreria por meio de um cartão, que seria entregue às famílias cadastradas. O método é semelhante ao Bolsa Família, do governo federal, que repassa verba complementar à renda familiar para cada criança matriculada na escola.

"Hoje o nosso kit tem três livros de história, que vai de presente, régua, lápis, borracha e cadernos e a mochila", disse o tucano. Ele também não informou o montante que seria destinado para a compra de material para cada aluno da rede estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário